Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Adelino Follador cobra mais autonomia financeira ao DER

Adelino Follador cobra mais autonomia financeira ao DER

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 15/05/2019 14h38, última modificação 15/05/2019 14h38
Deputado informou que João Paulo II ficou sem água, mas que problema foi resolvido


O deputado estadual Adelino Follador (DEM) usou a tribuna da sessão ordinária desta quarta-feira (15), para relatar uma série de acontecimentos e aproveitou para cobrar mais autonomia financeira para o Departamento de Estradas de Rodagens (DER). O parlamentar iniciou a sua fala, afirmando que recebeu informações de que o Pronto Socorro João Paulo II esteve desde a terça-feira sem água nas torneiras. "Sem água não consegue tocar o hospital. O secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, me comunicou que resolveu o problema, com o envio de um caminhão pipa e o conserto da bomba. Tem que ter uma bomba substituta, para casos emergenciais", relatou. 

Adelino disse ainda que "chama a nossa atenção é que parece que falta um entrosamento, uma sintonia entre os hospitais e a Sesau. Eu fui informado do problema e acionei o secretário, que disse desconhecer o problema, mas tomou as medidas para solucionar a falta de água". 

 

DER 

O deputado solicitou que o Governo, através da Superintendência de Gestão dos Gastos Públicos (Sugespe), conceda mais autonomia para a atuação do DER. "Na região de Ariquemes, temos três patrolas precisando de manutenção e o processo é demorado. Também há uma necessidade na recuperação de asfalto, com a compra de massa asfáltica, e o encascalhamento das vicinais. Falta liberdade financeira para o DER agir e o Governo precisa rever essa questão", acrescentou. 

 

Idaron 

Adelino disse ainda que fez uma visita na Agência Idaron em Ariquemes. "A unidade sofre com a falta de servidores, especialmente agora, que está em plena campanha de vacinação contra a febre aftosa, e os produtores estão indo aos escritórios comunicar da vacinação". 

O parlamentar cobrou ainda que o atendimento da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), em todo o Estado seja melhorado.

Texto: Eranildo Costa Luna - DECOM/ALE

Foto: José Hilde - DECOM/ALE

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.