Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Na sessão itinerante, governador reconhece desafios, mas se mostra confiante em ações do Executivo

Na sessão itinerante, governador reconhece desafios, mas se mostra confiante em ações do Executivo

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 23/05/2019 19h49, última modificação 23/05/2019 19h49
Marcos Rocha destacou ainda a importância de trabalhar em sintonia com a Assembleia Legislativa


O governador Marcos Rocha (PSL) aproveitou a sessão itinerante da Assembleia Legislativa, realizada nesta quinta-feira (23), durante a 8ª edição da Rondônia Rural Show, para reconhecer que há inúmeros desafios de sua gestão, mas mostrou confiança no trabalho e na superação dos problemas, destacando que conta com o apoio dos deputados estaduais nessa empreitada. 

Ele iniciou a sua fala, garantindo que há uma boa relação entre o Governo e a Assembleia Legislativa. "Tenho vários amigos aqui e sempre se falou boatos e tentaram criar calos entre nós. Mas, nada disso é verdade e estou sendo recebido com muito respeito e sempre recebo a todos com muita atenção. Destaco ainda a atuação do deputado Laerte Gomes (PSDB), pois presidir a Assembleia Legislativa é uma missão árdua, e ele está fazendo um grande trabalho, ao lado dos demais parlamentares", destacou. 

 

Redução de impostos 

Marcos Rocha disse ainda que "temos problemas que acompanham o nosso Estado há anos. Temos que agir com muita cautela. Eu quero, todos queremos reduzir impostos, mas se o fizermos agora, vamos quebrar o Estado. Temos que fazer com sabedoria e dignidade. Quero garantir que não criarei nenhum imposto, que venha a sacrificar ainda mais a nossa população". 

O governante garantiu também que, "meu sonho, enquanto governador, é reduzir impostos, cortar mesmo, para que a nossa sociedade cresça. Penso que um Estado enxuto é uma ferramenta importante para garantir mais". 

 

Detran 

O governador informou que já conversou com a direção do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Rondônia (Detran), para tratar da possibilidade de redução das taxas cobradas pelo órgão. "Mas, tudo pensando nos impactos e tendo cuidado nas ações que vamos adotar, mas vamos adotar, com responsabilidade", assegurou. 

 

Energia 

O chefe do Executivo relatou que, junto com parlamentares, buscou a redução da tarifa de energia, em Brasília. "Temos uma possibilidade de redução da nossa energia, até o final do ano, com um percentual oscilando entre 10% a 12%. Isso é uma luta que estamos travando, muitas vezes em silêncio", observou. 

 

Zoneamento 

A atualização dos estudos do Zoneamento Socioeconômico e ecológico, também mereceu a atenção do governador, em seu discurso. "A gente sabe a importância dessa atualização no Zoneamento para Rondônia. Vamos acelerar o processo, para em seguida ser encaminhado à Assembleia Legislativa, para análise", se comprometeu. 

 

Estradas 

Marcos Rocha relembrou os tempos em que atuou no Exército Brasileiro. "No Exército, trabalhei com engenharia. E confio muito no trabalho do coronel Erasmo Meireles, que é o diretor do Departamento de Estradas de Rondônia (DER). Quero dizer que as obras iniciais do órgão estão sendo feitas com solo-cimento, que é um composto próprio para o trabalho inicial de tapa-buracos", relatou. 

Segundo ele, "mas, seria errado eu dizer que vou asfaltar tudo. Eu não consigo fazer isso e não vou faltar com a verdade. Fizemos 5 mil quilômetros de tapa-buracos já. Infelizmente, muitos maquinários do DER estão depredados e estamos apurando as responsabilidades. Estamos trabalhando para revestir, recapear e melhorar as nossas estradas. Queremos algo permanente, em respeito à população". 

 

Horários 

Em relação à extensão do horário de expediente para a agência Idaron e a Emater, o governador disse que vai colocar na pauta de sua agenda de trabalho, com o secretariado, para avaliar esta possibilidade. "É uma ação necessária". 

Sobre à mudança do horário de funcionamento da Rondônia Rural Show, que hoje vai até às 18hs, o governador acredita ser possível estendê-lo. 

"Vamos trabalhar para que no próximo ano possamos ter o evento no período noturno, pois isso iria atender a uma parcela da população, que não pode vir durante o dia para a feira. É uma ação que já estávamos estudando e queremos implantá-la", garantiu. 

 

Pedido 

Ao final, o governador solicitou que a Assembleia Legislativa possa colocar em pauta um projeto de fortalecimento do Fundo de Combate à Pobreza (Fecoep), para permitir a ampliação das ações sociais em, Rondônia, atendendo a muitas famílias carentes. 

"Temos que parar com ações apenas de cesta básica para as pessoas. Temos que ter ações mais efetivas e duradouras. Vamos ensinar as pessoas a pescar, para que possam se desenvolver. Em Machadinho, temos a primeira área de proteção ambiental sustentável e é um modelo que queremos estender para outros locais", finalizou.

Texto: Eranildo Costa Luna, Juliana Martins, Gerson Costa e Eliânio Nascimento - DECOM/ALE

Fotos: Diego Queiroz-ALE-RO

Fotos:

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.