Aprovados em curso para oficiais querem ser incluídos em lista de espera

por Igor_Cruz — publicado 05/04/2016 19h39, última modificação 05/04/2016 19h39
Cerca de 40 pessoas lutam para inclusão como remanescentes de concurso em 2011...


A inclusão de cerca de 40 nomes de aprovados no concurso de formação de oficiais da Polícia Militar, realizado em 2011, como remanescentes e sua convocação para o curso, foi reivindicada por um grupo de classificados no certame, durante audiência com o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB).

“Vamos buscar o comando geral da Polícia Militar e também a Casa Civil do governo para sabermos da possibilidade de uma convocação desse pessoal, para ingressarem no curso, que é promovido pela Universidade Federal de Rondônia (Unir)”, disse Maurão.

Para Evaldo Farias, que aguarda ser chamado para o curso, há uma carência na tropa por oficiais como segundo tenente. “Essa formação, preencheria uma lacuna que hoje temos na corporação. Há a necessidade e não podermos ser considerados desclassificados, pois somos da lista de espera e por isso somos remanescentes deste concurso”, declarou.

Pablo Alves, Adriano Ângelo, Robson Hermínio e Vinicius Moreira, acompanhados de Valter Soares, que é assessor do presidente da Assembleia e intermediou o encontro, participaram da reunião.

“A maioria é formada por militares. Ou seja, não iria onerar a folha de pagamento do Estado. É muito melhor do que fazer novo concurso, que tem um custo para o governo”, completou Vinicius.

 

ALE/RO - DECOM - [Eranildo Costa Luna]

Foto: Marisvaldo José

registrado em: