Assembleia institui “Premio Nelson Townes” de jornalismo político

por Igor_Cruz — publicado 09/12/2015 18h08, última modificação 09/12/2015 18h08
Resolução propondo o prêmio foi apresentada pela deputada Rosângela Donadon...


A Assembleia Legislativa aprovou e promulgou a resolução de nº 298 de 25 de julho de 2015 que institui o prêmio Nelson Townes de Castro de Jornalismo Político. O objetivo do prêmio é de incentivar a divulgação das atividades parlamentares, motivando profissionais da imprensa na sua missão de informar a população. O projeto de resolução foi apresentado na casa de leis estadual pela deputada Rosângela Donadon (PMDB).

Estão aptos a participar do prêmio os profissionais que tiverem seus trabalhos jornalísticos veiculados entre o dia 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015 nas seguintes categorias; Jornalismo Impresso, Webjornalismo, Jornalismo Audiovisual, Radiojornalismo e Opinião (artigos). As inscrições vão ser abertas no dia 1 de março e terminam no dia 15 de março, ambos de 2016.

A entrega da premiação será feita durante sessão alusiva ao Dia da Imprensa, no dia 1º de junho na Assembleia Legislativa. A premiação será no valor de R$ 5.000,00 em espécie para os primeiros colocados de cada categoria.

A Comissão Julgadora será integrada por cinco cidadãos, sendo pelo menos dois com notório conhecimento da área do jornalismo e, pelo menos, um que tenha exercido o mandato de deputado estadual, designados pela presidência da Mesa Diretora.

Entre os critérios de avaliação dos trabalhos está a contribuição para a conscientização popular e tomada de atitude quanto à participação social no acompanhamento das atividades políticas, para a promoção do interesse dos servidores da área fim da ALE pelo aprimoramento de seu desempenho. A socialização de experiências parlamentares e práticas de fazer leis que venham ao encontro do desenvolvimento econômico sustentável, a qualidade e transparência da gestão pública, a promoção da qualidade de vida e a elevação do índice de desenvolvimento humano.

A profundidade de argumentação e reflexão, para a categoria “Opinião”, ou o esforço de reportagem, para as demais categorias; qualidade do texto e observância da norma culta da língua portuguesa; e, ineditismo.

Rosangela Donadon explicou, que a homenagem ao jornalista Nelson Townes é muito justa, tendo em vista o profissional ter desempenhado um ótimo trabalho de atuação nas entidades que representam a categoria, entre eles o Departamento de Comunicação da Assembleia, lembrou.

 

ALE/RO - DECOM - [Junior Alves]

Foto: José Hilde

registrado em: