Comissão de Defesa do Consumidor ouve diretor do Procon

por Igor_Cruz — publicado 07/05/2015 20h57, última modificação 07/05/2015 20h57
Deputados querem os consumidores melhor atendidos pelo órgão em Rondônia...

 

Devido ao alto índice de reclamações de consumidores, o deputado Adelino Follador (DEM) convocou o diretor do Procon, Rui Costa, para que apresentasse um demonstrativo na Comissão de Defesa do Consumidor da atual realidade do órgão e suas necessidades para melhoria do sistema. Hoje, o órgão conta com cinco postos de atendimento, incluindo a capital.

Segundo as explicações de Rui Costa aos deputados presentes à reunião da Comissão de Defesa do Consumidor, a maior dificuldade enfrentada pelo órgão é a falta de estrutura em todo o Estado. Apenas os municípios de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Vilhena e Rolim de Moura possuem escritórios para atendimento ao público. Isso, na opinião do diretor, causa um transtorno à população, já que é preciso se deslocar até o escritório mais próximo para formular sua reclamação e tentar solucionar os problemas. A alternativa para esses consumidores, segundo o diretor, é através do site consumidor.gov.br.

Mesmo com uma estrutura reduzida no Estado, o Procon atendeu em 2014 o total de 16 mil consumidores insatisfeitos. O maior índice de reclamações, disparado dos outros, foi sobre a questão telefonia, um caso sério, na opinião do diretor.

Rui Costa pediu o apoio do deputado Adelino Follador, no sentido de promover entendimentos junto ao governo do Estado para a instalação de mais postos de atendimentos nos municípios maiores. Follador disse que vai sugerir a parceria entre o Estado e as prefeituras, no tocante ao pessoal para compor as equipes dos procons regionais.

Adelino Follador explicou que tomou conhecimento de que em algumas Assembléias Legislativas existem órgãos de apoio ao consumidor, ligados diretamente aos Procons, denominados Procon-Assembléia. O parlamentar assegurou que fará o levantamento desse tipo de apoio legislativo para implantação na Assembléia Legislativa de Rondônia. Um exemplo citado pelo deputado foi a Assembléia Legislativa de Roraima, que tem o Procon-Assembléia e funciona de forma altamente satisfatória, com um índice de mais de 90 por cento de resolução dos problemas apresentados pela população.

 

ALE/RO - DECOM - [David Casseb]

Foto: José Hilde

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.