Comissão de Saúde da ALE requer informações sobre a atuação da Sesau

por Igor_Cruz — publicado 21/03/2017 15h10, última modificação 21/03/2017 15h18
Um quadro geral de atuação e prestação de serviços foi solicitada pela comissão à secretaria...


A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa discutiu na manhã de hoje (21) o atendimento ao público pela saúde pública no Estado de Rondônia. Um dos pontos principais foi a denúncia formulada pelo senhor Paulino Gomes Filho, morador de União Bandeirantes, que disse que sua filha Laureane Gomes, apesar de ter sido acometida de paralisia cerebral, não foi atendida nem pelo município nem pelo Estado com a nutrição parental (através de sonda).

A Comissão, presidida pelo deputado Luizinho Goebel (PV)  e com a participação dos deputados Dr. Neidson (PMN) e Só na Bença (PMDB), decidiu encaminhar requerimento ao governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, para que uma explicação de como está sendo feito o atendimento parental para os pacientes em Rondônia.

Segundo explicações do Dr. Neidson, o Estado alega que autorizou os municípios a fazerem o atendimento e que os repasses seriam feitos em contrapartida. Porém, segundo Neidson, os municípios afirmam não estarem recebendo a contrapartida da nutrição parental.

Outro requerimento encaminhado pela Comissão para a Secretaria da Saúde pede informações sobre a estrutura que ela oferece, e quais os órgãos ou departamentos vinculados à saúde no Estado. Segundo o presidente da comissão, deputado Luizinho Goebel, a partir daí os membros vão realizar visitas a esses órgãos e estruturas, para determinar as necessidades visando a melhoria de todo o sistema.


ALE/RO - DECOM - [David Casseb]

Foto: Lusangêla Franca


FOTOS