Comissão discute fechamento de unidades socioeducativas com pouco internos

por Igor_Cruz — publicado 25/10/2016 19h38, última modificação 25/10/2016 19h38
Segundo Sejus, medida reduzirá gastos desnecessários gerados com a manutenção das unidades...

O presidente da Comissão de Defesa da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, Airton Gurgacz (PDT), durante a reunião desta terça-feira (25), no Plenarinho da Assembleia Legislativa, informou que a comissão oficializará o Conselho Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente (Conedca) sobre a aprovação do Plano de Segurança.

O parlamentar explicou que, após reunião com o adjunto da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), Marcos Amaral, realizada para discutir a estrutura física das unidades socioeducativas no Estado e as condições de trabalho dos servidores, ficou acordada a disponibilização de equipamentos de proteção e de defesa aos colaboradores das unidades, após a aprovação do plano.

Marcos Amaral explicou ao deputado que, atualmente, o Estado conta com 10 unidades em funcionamento, porém, cinco delas estão fechadas em razão do baixo número de adolescentes internos, gerando gastos desnecessários ao Executivo, a exemplo da unidade de Rolim de Moura.

“Fechando essas unidades podemos investir melhor nas demais, dando melhor qualidade de vida aos internos”, declarou Airton.

 

Comitê

Airton Gurgacz informou que a equipe da comissão participou de uma reunião na Seas, para tratar da composição do Comitê Estadual de Enfrentamento a Violência Sexual Infanto-juvenil.

O parlamentar solicitou que fosse encaminhado ao presidente da Casa de Leis, Maurão de Carvalho (PMDB), pedido para que sejam indicados dois deputados estaduais para compor o comitê.

“Nossa sugestão é de que os indicados sejam membros da nossa comissão”, frisou Airton.


ALE/RO - DECOM - [Juliana Martins]

Foto: Ana Célia



FOTOS