Comissão reforça necessidade do funcionamento do Chameron na Assembleia Legislativa

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 17/09/2019 21h18, última modificação 17/09/2019 21h18
Deputados vão a Boa Vista conhecer projeto que serviu de base para a implantação do Chameron


A Comissão de Defesa da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (CDCAMI) se reuniu na tarde desta terça-feira (17), com as presenças do presidente Alex Silva (Republicanos) e dos deputados Alex Redano (Republicanos) e Dr. Neidson (PMN). 

Na abertura dos trabalhos, o deputado Dr. Neidson relatou que esteve com o juiz Álvaro Kálix Ferro, titular do Juizado de Violência Contra a Mulher da comarca de Porto Velho, percorrendo o antigo prédio onde funcionava a Assembleia Legislativa, conhecendo o local onde será instalado o Centro Humanitário de Apoio à Mulher em Rondônia (Chameron) e vai abrigar ainda a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). 

"Estamos trabalhando uma parceria com o Sistema S para facilitar o acesso de mulheres vítimas de violência, a cursos profissionalizantes", informou Neidson. 

Também está programada uma vista de membros da Comissão até a cidade de Boa Vista (RR), entre os dias 15 e 17 de outubro, para conhecer as atividades do Chame, que serviu de modelo para a implantação do Chameron em Rondônia. 

Também foi confirmada viagem da Comissão também para o distrito de Tarilândia, em Jaru, para reunião extraordinária, no dia 03 de outubro, para tratar do fechamento do Conselho Tutelar local.

 

Matérias 

O deputado Alex Silva distribuiu o PL 201/19, de autoria do deputado Jair Montes (PTC), que institui o dia de conscientização contra a prática do aborto no Estado de Rondônia. Caberá ao deputado Alex Redano emitir o parecer. 

Silva avocou a relatoria do projeto 2017/19, que institui autonomia a gestante, possibilitando a opção pelo parto cesariano, a partir da trigésima nona semana de gestação, bem como a analgesia, mesmo quando escolhido o parto normal, no Estado de Rondônia. 

 

Setembro Amarelo

O deputado Alex Silva aproveitou para reforçar a campanha Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio. "Para se ter uma ideia da gravidade no problema, no último final de semana, foram cinco suicídios registrados, sendo quatro na capital. É uma situação alarmante e precisamos nos mobilizar para enfrentar esse grave problema".

Texto: Eranildo Costa Luna-Decom-ALE/RO

Foto: José Hilde-Decom-ALE/RO

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.