Comissão Temporária Especial finaliza trabalhos com leitura de relatório

por Igor_Cruz — publicado 02/08/2017 17h26, última modificação 02/08/2017 17h26
Documento apontou irregularidades de administrações passadas e que desde 2011 recursos são depositados em um fundo de capitalização...


A Comissão Temporária Especial com a finalidade de averiguar a situação financeira do Instituo de Previdência do Estado de Rondônia (Iperon), presidida pelo deputado Jesuíno Boabaid (PMN), solicitou ao deputado Anderson do Singeperon (PV), a leitura do relatório conclusivo dos trabalhos realizados.

O relator explicou todos os passos seguidos pela Comissão desde os primeiros trabalhos realizados em março, bem como as explicações necessárias que foram esclarecidas pelos representantes do Iperon e convidados ao longo dos encontros.

O parlamentar afirmou em relatório que o déficit existente se deve exclusivamente pelo Estado não ter efetuado os devidos depósitos, que o órgão foi negligente na arrecadação, devendo os gestores que assim agiram as penalidades da lei.

O deputado Jesuíno Boabaid, disse que sobre responsabilidade a Assembleia não tem poder de punição e recomendou o encaminhamento do relatório ao Ministério Público e Tribunal de Contas, pois devido os prazos, talvez não tenha como responsabilizar penalmente os antigos gestores.

O deputado Cleiton Roque (PSB) argumentou que em relação a alíquota patronal é bom deixar como se está. Disse que em sua opinião não falou sobre o relatório em um uso do fundo de previdência do Iperon para arcar despesas médicas de servidores.

Diante das observações realizadas, o deputado Anderson propôs deixar o relatório em aberto, realizar os acréscimos necessários e finalizar na próxima quarta-feira (9) com as correções.

 

ALE/RO - DECOM – Geovani Berno

Foto: Lusângela França


FOTOS