Deputado Adelino Follador quer celeridade em obras de rodovias e pontes

por Ana Carolina Custódio publicado 06/07/2021 19h53, última modificação 06/07/2021 19h53
Parlamentar ainda manifestou apoio aos servidores públicos, que pedem valorização e melhoria salarial

O deputado Adelino Follador (DEM) usou a tribuna na sessão desta terça-feira (06) para defender que as obras de pontes e rodovias no Estado tenham prioridade no Governo e a celeridade necessárias para a execução dos serviços. O parlamentar também manifestou o seu apoio para os servidores públicos que pedem valorização profissional e melhoria salarial.

Ele criticou a demora na licitação da obra de construção da ponte sobre o rio Jamary, na RO-459, ligando Alto Paraíso a BR-364.

"A ponte de Alto Paraíso, que o DER e a Supel cuidem dessa licitação, para não dar problema de novo. Deu errado e a população mais uma vez está prejudicada. Quase três anos interditada a ponte. É uma vergonha não conseguir licitar uma obra nesse tempo todo. É lamentável, parece brincadeira", desabafou.

Follador também pontuou que as obras de recuperação do asfalto na RO- 460, ligando Buritis a BR421, começaram mas num ritmo devagar, na opinião dele. "Não podemos perder esse tempo de estiagem, temos que dar celeridade ao trabalho. Registro ainda que na ponte do rio Jamary, na BR-421, está sendo concluído os aterros das cabeceiras e a população está confiante na conclusão dos trabalhos".

Adelino Follador disse que "outro assunto preocupante é que cobramos da bancada federal e do Dnit a melhoria da BR-421, que está em situação precária. Fomos informados que o trecho ainda de responsabilidade do Dnit teria voltado para o Estado. Estamos cobrando, esperando que o Dnit faça o inventário e repasse essa rodovia de fato e de direito ao Governo, para que o DER possa iniciar os trabalhos de recuperação do asfalto".

Servidores

Adelino Follador também falou sobre a mobilização de categorias de servidores públicos, em torno de melhorias salariais. "Há projetos para os policiais militares e civis, mas estão sendo aguardados o PCCR do Detran, da Sedam, da Sejus, da Sesau e para as demais categorias. Precisamos que o Governo olhe para esses servidores, que cada vez mais estão desanimados para fazer o trabalho. Sou funcionário público e nunca irei votar contra os servidores, temos que valorizar, dentro do possível".

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO