Deputado Anderson integra Comissão que vai a Espigão apurar possíveis abusos contra trabalhadores rurais

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 05/09/2019 14h53, última modificação 05/09/2019 14h53
Parlamentar vai acompanhar o processo de apuração que será feito pela Comissão no município


Vice-presidente da Comissão Especial Temporária da Assembleia Legislativa, que vai apurar denúncias de possíveis abusos praticados por agentes públicos contra trabalhadores rurais, durante a operação Honoris, deflagrada no município de Espigão do Oeste, região do distrito do Pacarana, o deputado Anderson Pereira (Pros), participou na quarta-feira (4), da reunião, que definiu viagem ao local para ouvir depoimentos da comunidade. 

Na reunião que ocorreu no plenarinho da Casa de Leis, ficou definido que nos dias 11 e 12 do corrente mês, a comissão vai até o interior do Estado para ouvir os denunciantes. As denúncias apuradas são de: agressões, humilhações, abuso e destruição de bens. 

Os moradores da região reclamam de algumas ações praticadas de forma grotesca. Serrarias, postos de combustíveis e outros estabelecimentos foram fechados e isso causou revolta na comunidade. 

Para o deputado Anderson Pereira, caso as denúncias sejam confirmadas a comissão vai acionar a bancada federal de Rondônia em Brasília e cobrar uma atitude urgente, pois segundo ele, nenhum servidor tem o direito de agir acima do que determina a lei, impor ações próprias atropelando limites. 

Em Espigão do Oeste ficou agendada reunião no dia 11 às 19h na Câmara Municipal e dia seguinte a comissão se desloca até o distrito do Pacarana para conversar com os agricultores. 

A comissão é composta pelos deputados: Cirone Deiró (Podemos) presidente, vice-presidente Anderson Pereira (Pros); relator Ezequiel Neiva (PTB) e como membros  Adailton Fúria (PSD), Chiquinho da Emater (PSB) e Luizinho Goebel (PV).

Texto: Assessoria

Foto: José Hilde-Decom-ALE/RO

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.