Deputado Anderson quer reforço no estoque de sangue da Fhemeron durante Pandemia de Coronavírus

por Laila Luana Costa Moraes publicado 27/03/2020 11h50, última modificação 27/03/2020 11h48
Parlamentar pede que a Sesau garanta as condições adequadas para que as doações possam ocorrer

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS), solicitou informações à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), quanto as medidas adotadas pela Fundação de Hematologia Homeopatia de Rondônia (Fhemeron), para que não haja falta de bolsas de sangue, nesse período delicado que o Estado atravessa com a pandemia do Coronavírus Covid-19.

A preocupação do deputado Anderson Pereira se dá por conta do risco de contaminação devido à propagação do vírus, que já matou milhares de pessoas em todo mundo e nos últimos dias vem assombrando o povo rondoniense com grande quantidade de pessoas suspeitas, dentre elas sete confirmadas.

O parlamentar teme que o risco de contaminação do Coronavírus afaste os doadores frequentes da fundação, o que resultaria em uma possível escassez de bolsas de sangue em todo Estado. Anderson Pereira aponta que diante da pandemia do Covid-19, a Fhemeron intensifique meios de garantir a regularidade nas doações, passando segurança aos doadores, afastando riscos de contágio durante as transfusões.

Para que não haja evasão de doadores, o deputado ressalta a importância de orientações e dos seguintes cuidados: distribuição de álcool em gel, máscaras, higienização constante em maçanetas, corrimãos e cadeiras, manter o distanciamento das pessoas e adotar campanhas convidando pessoas saudáveis, que não apresentem sintomas de qualquer doença.

Texto e foto: Assessoria

A doação de sangue é um ato voluntário, que pode ajudar a salvar muitas vidas. Em cada doação, uma pessoa doa no máximo 450 ml de sangue e essa única doação pode salvar até quatro pessoas.