Deputado Anderson vai à Brasília articular inclusão da PEC que cria Polícia Penal na ordem do dia

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 17/09/2019 16h18, última modificação 17/09/2019 16h18
Parlamentar é firme defensor dos agentes penitenciários na Assembleia


O deputado Anderson Pereira (Pros), viaja na terça-feira (17), a Brasília (DF), onde vai articular na Câmara Federal junto com a Federação Nacional Sindical dos Servidores Penitenciários (Fenaspen) e bancada federal do Estado a inclusão da PEC - 372/2017, que cria a Polícia Penal federal, estadual e distrital na ordem do dia para entrar em votação. 

Em discussão há mais de uma década, a PEC após aprovada regulamentará uma das profissões mais antiga do mundo, agente prisional profissional responsável pela segurança de unidades carcerárias. Com a criação da Polícia Penal os governos dos Estados e do Distrito Federal vão poder criar mecanismos de combate ao crime organizado e reduzir os índices relacionados à violência, viabilizando a ressocialização com resultado direto na segurança pública. 

A aprovação da PEC é um sonho para toda categoria, que há bastante tempo luta pela garantia de seus direitos. "Desde que fui presidente do Singeperon sempre lutei por essa bandeira e junto com a Fenaspen construímos articulações políticas que foram importantes para a primeira aprovação no senado", disse o deputado. 

Anderson Pereira destacou o empenho do presidente da Fenaspem, Fernando Anunciação, que tem sido peça determinante para esse projeto, lutando de forma aguerrida dia e noite. 

"Esperamos contar com o apoio dos nossos oito deputados federais e juntos chegarmos a conquista", finalizou Anderson.

Foto e Texto: Assessoria

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.