Deputado Cirone Deiró defende que crise na saúde só será aliviada com a posse de concursados

por Ana Carolina Custódio publicado 29/07/2020 10h50, última modificação 29/07/2020 11h39
Além da convocação de profissionais para atender à demanda, deputado defendeu valorização salarial dos servidores que já estão na linha de frente

Durante a sessão da Assembleia Legislativa dessa terça-feira (28), o deputado Cirone Deiró (PODE) reconheceu o esforço do governador Marcos Rocha em dar uma resposta as necessidades do Complexo Hospitalar de Cacoal. Cirone também destacou o empenho da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) em agilizar a contratação de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, auxiliares e equipe de apoio, além da contratação de doze leitos de UTIs em parceria com a prefeitura de Cacoal para atender a Macro Região II, formada pelo Complexo Hospitalar de Cacoal. Essa é mais uma ação emergencial para o enfrentamento da Covid na região.

Durante seu discurso, Cirone Deiró foi categórico em afirmar que a solução definitiva para os problemas enfrentados pela falta de profissionais da área da saúde em todas as unidades do estado só serão resolvida com a contratação dos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, biomédicos, técnicos de enfermagem auxiliares administrativos, entre outros, profissionais aprovados no último concurso da Sesau. Segundo o parlamentar, além da contratação desses profissionais aprovados e que aguardam a convocação e posse, a Secretaria de Estado da Saúde também deve priorizar a retomada dos estudos relacionados ao Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração-PCCR dos trabalhadores da saúde. “Valorização salarial e contratação dos aprovados no concurso, são pilares necessários para a reestruturação da assistência médica à população na rede pública de saúde”, explicou.

De acordo com o parlamentar, a contratação dos trabalhadores em caráter emergencial feita por meio do processo seletivo e de provas de títulos foi uma solução válida para atender a urgência dos primeiros meses da pandemia. “Diante do prolongamento da crise na saúde recomendo que a Secretaria de Estado da Saúde busque soluções a longo prazo. E a contratação desses profissionais das várias especialidades da área da saúde que foram aprovados no último concurso público é a medida mais recomendada para o momento”, alertou o parlamentar.

Cirone Deiró justificou a contratação imediata dos profissionais concursados como forma de oferecer a esses trabalhadores da saúde que irão para o enfrentamento da Covid-19, as garantias mínimas de estabilidade no cargo e outros benefícios que um servidor público concursado adquiri ao tomar posse no serviço público. “Todas as autoridades da área da saúde são unânimes em reconhecer que ainda teremos um longo caminho até a chegada da vacina, única forma de eliminar a circulação do coronavírus. Por isso, precisamos colocar em prática ações de longo prazo para garantir o atendimento à população”, afirmou.

Segundo o parlamentar, as medidas emergenciais adotadas pela Secretaria de Estado da Saúde para o enfrentamento da Covid-19, interromperam o atendimento regular das clinicas médicas especializadas no Hospital Regional de Cacoal e demais unidades de saúde do estado. “Em razão dessas medidas adotadas num primeiro momento, pacientes que estavam em tratamento das mais diversas doenças estão sendo penalizados pela falta de atendimento, simplesmente porque os médicos foram transferidos para assegurar a assistência médica aos casos da Covid-19. Mas, essa situação precisa ser revista com urgência, porque pacientes que sofrem de outras doenças estão tendo o seu quadro agravado, e alguns até indo a óbito, por falta de assistência médica”, justificou.

Na avaliação do deputado, as medidas adotadas até o momento, atenderam as necessidades da primeira fase do enfrentamento da Covid.  Agora, no entanto, ele defende que a Secretaria de Estado da Saúde adote medidas duradouras para retomar os atendimentos aos pacientes acometidos de outras patologias. “Tenho testemunhado o caso de centenas de pacientes que tiveram seu quadro de saúde agravado porque a assistência médica regular que recebiam foi interrompida. Diante dessa realidade é urgente que a Secretaria de Estado da Saúde construa alternativas para a retomada dos atendimentos a esses pacientes. A contratação e posse dos aprovados no último concurso, além da valorização salarial desses profissionais vai permitir que o estado continue atuando na assistência médica aos pacientes da Covid e retomar os atendimentos das clínicas médicas especializadas e trazer uma certa normalidade aos serviços na rede pública de saúde”, finalizou.

Texto: Edna Okabayashi-ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-ALE/RO