Deputado diz que secretário de Saúde desrespeita Assembleia

por Igor_Cruz — publicado 14/10/2015 15h04, última modificação 14/10/2015 15h04
Para Hermínio, existe a tentativa de desqualificar a denúncia de uso de hospital em pré-campanha...

 

Um dia após vários deputados terem questionado, durante sessão plenária da Assembleia Legislativa, a utilização do complexo hospitalar de Cacoal como instrumento de pré-campanha eleitoral, a situação acabou se agravando ainda mais nesta quarta-feira (14), diante da postura do secretário de Estado da Saúde, Williames Pimentel, que repudiou a atitude dos parlamentares.

Na tribuna, o deputado Hermínio Coelho (PSD), disse que em vez de serem adotadas medidas urgentes para garantir o atendimento de média e alta complexidade e preservar vidas, o secretário da Sesau usa todo tipo de adjetivos para atacar os deputados, “numa demonstração de prepotência e de desrespeito”.

Segundo Hermínio, o “surto” do secretário foi presenciado por várias pessoas, inclusive por assessores da Assembleia Legislativa. “Williames Pimentel esculhambou a todos os deputados, esquecendo que sempre teve apoio da grande maioria dos parlamentares”, acrescentou.

De acordo com Hermínio Coelho, com essa atitude o secretário tenta desmoralizar e desqualificar a denúncia feita no âmbito da Assembleia Legislativa, quanto à utilização de estrutura e de profissionais para fins políticos.

“Isso é uma vergonha. O governo trata mal até mesmo os deputados de sua base no parlamento. O secretário de Saúde agride e tenta desmoralizar o trabalho dos parlamentares. Realmente esse governo não tem respeito com nada. Fui recentemente na Casa Civil, mas me arrependi e não pretendo retornar tão breve àquele palácio, onde um banana ocupa o cargo de governador”, declarou o deputado Hermínio Coelho, 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa.

 

ALE/RO - DECOM - [Assessoria Parlamentar]

Foto: José Hilde

registrado em: