Deputado Eyder Brasil pede que prefeitura de Porto Velho deixe de exigir passaporte sanitário

por Jocenir Sérgio Santanna publicado 15/03/2022 17h31, última modificação 15/03/2022 17h31
Deputado também elogiou o governo do Estado pela convocação de 200 novos servidores para a Secretaria de Saúde.

O Deputado Estadual Eyder Brasil (União) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira, 15, para pedir ao prefeito em exercício de Porto Velho, para que o município deixe de exigir o passaporte sanitário para acesso a locai públicos. De acordo com o deputado, a liberação do uso de mascara já foi um grande avanço que precisa ser completado com a não exigência do passaporte sanitário.

“Quero agradecer ao governador Marcos Rocha e ao prefeito em exercício de Porto Velho, Maurício Carvalho por terem atendido aos nossos pedidos e liberado o uso de máscara, facultando o uso a quem desejar continuar com o equipamento, porém peço ainda que em sequência, o prefeito libere também a apresentação do passaporte sanitário, pois não faz mais sentido essa exigência. Precisamos priorizar o direito constitucional de ir e vir de cada cidadão e liberar também essa exigência, que não faz mais sentido.

 

Servidores da Sesau

Na sequência de seu discurso, o Deputado Eyder Brasil agradeceu ao governador por ter atendido mais um pedido de sua autoria e anunciado a convocação de 200 novos servidores para a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). De acordo com o deputado, a convocação será publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 15, e vai ajudar muito no atendimento à saúde do cidadão rondoniense.

 

Texto: Jocenir Sérgio Santanna

Foto: Thyago Lorentz