Deputado Jair Montes pede que governo do Estado agilize as cirurgias eletivas com a contratação de hospitais e clínicas particulares

por Ana Carolina Custódio publicado 30/11/2021 20h55, última modificação 30/11/2021 21h02
Parlamentar propôs exemplo do governo de Mato Grosso do Sul para que o preço por cirurgia seja ajustado conforme a realidade de mercado

O Deputado estadual, primeiro secretário da mesa diretora, Jair Montes (Avante) ocupou a tribuna na sessão desta terça-feira, 30, para destacar a participação dos parlamentares em reunião da União Nacional das Assembleias Legislativas (Unale) realizada em Campo Grande (MS) e destacou discurso proferido pelo governador sul-matogrossense Reinaldo Azambuja, que versou sobre investimentos daquele estado na saúde pública.

De acordo com o deputado, o governador de Mato Grosso do Sul resolveu a questão das cirurgias eletivas naquele, contratando hospitais e clínicas particulares, com valores acima do estabelecido na tabela do Serviço Único de Saúde (SUS), reduzindo as filas de espera que se formou durante a pandemia.

“Temos esse exemplo de Mato Grosso do Sul e precisamos seguir, pois pelo valor que o SUS estabelece é praticamente impossível de se praticar. Estamos com filas enormes em todo o estado, de cidadãos que estão morrendo na fila de espera por conta de cirurgias eletivas que foram suspensas. Nossos hospitais públicos estão lotados, precisamos desafogar essa fila e a solução é a contratação de clinicas e hospitais particulares para realização dessas cirurgias. Não podemos mais esperar”, disse o deputado.

Prorrogação do decreto - Ainda na continuação de seu discurso na tribuna da Assembleia, o Deputado Jair Montes destacou a necessidade do governo do estado de prorrogar o Decreto de Calamidade Pública por conta da Pandemia do Coronavirus.
“A pandemia não acabou, pelo contrário, os casos estão aumentando em todo o estado e é preciso que se mantenha a contratação dos profissionais de saúde feitas de forma emergencial. Precisamos de pelo menos mais seis meses de decreto, até como forma de prevenção de um caos na saúde do estado”, disse.

Fundeb – Encerrando a sua participação no pequeno expediente, o deputado Jair Montes agradeceu ao governador Marcos Rocha por ter atendido uma sugestão sua em plenário, para que o governo promovesse o rateio das sobras dos recursos do Fundeb entre os profissionais de educação. “Gestamos muito feliz pela iniciativa do governador que atendeu ao nosso pedido e vai fazer o rateio desses recursos do Fundeb entre os profissionais de saúde. Muito obrigado e parabéns aos nossos servidores da educação por toda a dedicação durante esta pandemia. Os senhores e senhoras são merecedores e o governo acerta nesta decisão”, finalizou.

Texto: Jocenir Sérgio Santanna - ALE/RO

Foto: Thyago Lorentz - ALE/RO