Deputado Luizinho Goebel defende a permanência da unidade do MPF em Vilhena

por Ana Carolina Custódio publicado 25/08/2021 14h38, última modificação 25/08/2021 14h38
Para o parlamentar, fechamento prejudica a população de sete municípios do Cone Sul

Durante pronunciamento na sessão desta quarta-feira (25), na Assembleia Legislativa, o deputado Luizinho Goebel (PV) defendeu a manutenção da unidade do Ministério Público Federal (MPF) em Vilhena, que atende a população dos sete municípios do Cone Sul.

"Fomos informados de que a unidade do MPF vai ser desativada em Vilhena e isso nos causa preocupação, pois a população dos sete municípios do Cone Sul se utilizam daquele serviço público, ofertado com excelência", disse Goebel.

De acordo com o parlamentar, "temos uma estrutura boa e uma serviço de qualidade oferecido. Recebemos a informação de que seria fechada e no nosso entendimento é que a região ficará desassistida. Mesmo com a tecnologia, que hoje permite uma série de ações, nem todo mundo tem habilidade para usar esse tipo de ferramenta".

Luizinho Gobel informou que encaminhou um ofício ao MPF, à procuradora chefe substituta Tatiana de Noronha, solicitando a manutenção da unidade do MPF em Vilhena.

A sede do MPF atende, além de Vilhena, os municípios de Chupinguaia, Cabixi, Pimenteiras do Oeste, Colorado do Oeste, Corumbiara e Cerejeiras.

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Thyago Lorentz-ALE/RO