Deputado quer Governo revendo ato que prejudica engenheiros

por Igor_Cruz — publicado 19/04/2016 19h34, última modificação 19/04/2016 19h34
Na audiência, a comissão representativa do Sindicato dos Engenheiros relatou que o governador Confúcio Moura (PMDB) enviou à Assembleia Legislativa, projeto de lei, transformando a incorporação...


Uma comissão de engenheiros do Governo de Rondônia foi recebida na manhã desta terça-feira (19) em audiência no gabinete da 2ª vice-presidência da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho (PDT), quando reivindicaram urgente intervenção da Casa de Leis no sentido de sensibilizar a administração estadual a manter na íntegra a Lei 2.417, de 24 de fevereiro de 2011, que extinguiu gratificação e fez a devida incorporação ao salário dos engenheiros.

Na audiência, a comissão representativa do Sindicato dos Engenheiros relatou que o governador Confúcio Moura (PMDB) enviou à Assembleia Legislativa, projeto de lei, transformando a incorporação, novamente em gratificação de incentivo à engenharia, o que se caracteriza na prática um ato inconstitucional, por tecnicamente reduzir salário.

Ressaltam ainda, que a medida é altamente prejudicial aos engenheiros, grupo este que em sua maioria, em breve, estará transpondo para o quadro de servidores do governo federal.

Os engenheiros estão pedindo a não aprovação da criação desta gratificação de incentivo, intitulada de gratificação técnica, pois assim acontecendo, o Governo vai retirar este percentual do vencimento da categoria, já beneficiada desde 24 de fevereiro de 2011, através da Lei 2.417.

O deputado Hermínio Coelho após ouvir os engenheiros, disse que a medida do Estado é descabida e desleal, e que pretende convocar autoridades do governo para prestar os devidos esclarecimentos na Assembleia Legislativa. Participaram da reunião pelo Sindicato dos Engenheiros, Antônio Armando Couto Bem, Akino Uehard, Sebastiana Socorro da Silva Almeida e Boris Cabral.


ALE/RO - DECOM - [Paulo Ayres]

Foto: José Hilde

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.