Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Deputado Ribamar pede retomada das obras da BR 319 com urgência

Deputado Ribamar pede retomada das obras da BR 319 com urgência

por Igor_Cruz — publicado 21/06/2017 12h12, última modificação 21/06/2017 12h12
Parlamentar salientou que a rodovia já existia e que é um crime o que se faz com a economia de Rondônia e do Amazonas...

 

O deputado Ribamar Araújo (PR) usou da tribuna na manhã desta quarta-feira (21) para destacar o embargo da justiça do Amazonas, interrompendo mais uma vez as obras de recuperação das obras da BR 319, que interliga por via terrestre o Estado de Rondônia aos estados do Amazonas e Roraima.

O parlamentar informou que a 7ª Vara da Justiça do Amazonas embargou os trabalhos de melhoria da BR 319. Segundo ele a rodovia entrou em funcionamento em 1976, com a missão de integrar, sendo necessária para a região amazônica, tirando do isolamento terrestre os estados do Amazonas e Roraima.

Hoje, disse Ribamar,a 319 tem importância econômica para a exportação de alimentos, tendo o Estado de Rondônia se transformado em um polo de produção. “Esta rodovia se fosse toda asfaltada poderia receber os produtos de Rondônia barateando o custo para a população, tendo Rondônia como maior beneficiada, pois colocaria seus produtos da agricultura familiar em um mercado de mais de 2 milhões de habitantes”.

O deputado se mostrou indignado ao dizer que no momento em que os militares entregaram o poder, “assumiu o país um dos maiores corruptos deste país, que não vou citar o nome, e ele permitiu que se fizesse ali um dos maiores crimes de lesa pátria, destruindo vários trechos intactos da rodovia e nenhuma autoridade, que deveria ter tomado providências não fez nada. Tudo isso para favorecer pequenos grupos”, afirmou Ribamar.

E agora, complementou Ribamar, após tantos esforços do senador Acir (PDT) entre outros parlamentares federais, “vem uma decisão da Justiça amazonense e efetua novo embargo, sendo uma decisão irresponsável”.

Ribamar concluiu dizendo que “a maior prova da injustiça é quando a Justiça se acha acima da Lei e impõe ao povo da região amazônica o impedimento do direito de ir e vir”. Por isso pediu que todos deem as mãos e se unam pela recuperação da BR 319.

 

ALE/RO - DECOM – Geovani Berno

Foto: Gilmar de Jesus

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.