Eletrobrás atende deputado Ribamar Araújo e garante energia a agricultores familiares

por Igor_Cruz — publicado 27/02/2018 18h19, última modificação 27/02/2018 18h19
Parlamentar se reuniu com o presidente da empresa, Luiz Marcelo de Carvalho...

 

Reunido com o presidente da Eletrobrás, Luiz Marcelo Reis de Carvalho, o deputado Ribamar Araújo (PR) reivindicou na segunda-feira (26) a instalação da eletrificação rural para a comunidade das linhas H45, Gleba Rio das Garças, H37 e G33, a 54 quilômetros de Porto Velho.

O benefício contempla 121 famílias, a maioria delas inscritas na Associação de Produtores e Produtoras Rurais Renascer no Campo (Aspro Renascer), cuja presidente, Raimunda Torres Gil encaminhou o pedido ao parlamentar.

“A área a ser contemplada integra-se ao Programa Luz para Todos, do governo federal. Luiz Marcelo Reis demonstrou sensibilidade em atender ao nosso pedido. Segundo ele, essas comunidades estarão entre as primeiras a serem atendidas este ano pelo programa na região”, informou Ribamar Araújo.

“Se tudo correr bem, provavelmente até abril os serviços básicos serão executados. O processo de licitação está pronto e nos próximos dias habilitaremos as empresas”, acrescentou o presidente da Eletrobrás.

A região produz açaí, arroz, café, cupuaçu, mandioca, maracujá, limão e melancia. A energia elétrica facilitará, por exemplo, o beneficiamento do arroz e a agroindústria do cupuaçu.

Segundo o deputado Ribamar Araújo, o melhoramento impulsionará o desenvolvimento da região. Ele justificou o pedido, lembrando que em 2012 a região não foi contemplada com energia elétrica, devido à falta de moradores suficiente e ao precário acesso rodoviário.

“Agora, sim, existe um número expressivo de famílias ali estabelecidas, o que justifica e torna indispensável o programa para reverter à situação crítica da agricultura familiar nessa região”, afirmou Ribamar Araújo.

Desde 2003, quando se estendeu a diversas regiões da Amazônia, o programa estimava alcançar dois milhões de famílias sem energia elétrica na zona Rural ou em florestas, e destas, 90% situadas abaixo da linha de pobreza, conforme dados do Censo do IBGE de 2000.

Já em novembro do ano passado, 12 anos depois do seu lançamento, totalizavam 3,2 milhões de famílias com moradias conectadas à rede de eletricidade.


ALE/RO - DECOM - Assessoria
Foto: Assessoria 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.