Escritores americanos lançam livro-denúncia em Porto Velho

por Igor_Cruz — publicado 20/09/2016 21h22, última modificação 20/09/2016 21h22
Casal de escritores lança livro sobre a importância dos soldados da borracha na Segunda Guerra Mundial...


O deputado Ezequiel Júnior (PSDC), durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (20), na Assembleia Legislativa, anunciou a chegada do casal de escritores americanos, Gary e Rose Neelemane, para a próxima quinta-feira (22), em Porto Velho.

Segundo o parlamentar, trata-se do lançamento do livro-denúncia, ‘Soldados da borracha: O Exército que salvou a Segunda Guerra Mundial’, que acontecerá no dia 24 de setembro, as 9h, no auditório da Ulbra, na Capital.

O evento está sendo promovido pela Associação dos Soldados da Borracha, Seringueiros e Familiares do Estado de Rondônia (Asboron), patrocinado pelo Consulado do Brasil nos Estados Unidos, Azul Linhas Aéreas, Irlan Silva Advogados Associados, Editora PUC do Rio Grande do Sul e, em Rondônia, segundo Ezequiel, conta com o apoio do seu gabinete.

A obra, já lançada em português no Brasil, terá lançamento internacionalmente nos EUA, em inglês. Os escritores, explicou o deputado, acreditam que o povo americano será impactado da mesma forma que o casal foi quando ouviram do advogado dos seringueiros da Amazônia, Irlan da Silva, relatos de que os soldados da borracha nunca receberam nenhum centavo de dólar de financiamento do governo americano.

“Pelo sacrifício de sobreviver na selva de ambição, ganância e exploração do trabalho humano, sobrevivência que permitiu a vitória aliada na Segunda Guerra Mundial”, citou o deputado.

Para o parlamentar, no dia em que os soldados da borracha forem indenizados, por reconhecimento da Justiça brasileira, os livros de história de Rondônia e do Brasil serão reescritos com a verdade que o tempo não encobriu.

“Poderemos permitir que as gerações futuras de descendentes de soldados da borracha e de brasileiros, se espelhem nos grandes valores de seu povo e na capacidade humana de fazer Justiça em nome do seu próximo”, declarou Ezequiel.

O deputado saudou os novos acontecimentos, representado pelo documento histórico que é o livro do casal de escritores e agradeceu a decisão do Tribunal de Justiça que determinou a imediato julgamento do mérito da causa dos seringueiros.


ALE/RO - DECOM - [Juliana Martins]
Foto: José Hilde


registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.