Eyder brasil cobra mais planejamento do Executivo para investir na saúde de rondônia

por Ana Carolina Custódio publicado 31/03/2021 16h14, última modificação 31/03/2021 16h14
Parlamentar defendeu que é preciso buscar mais união com o Poder Legislativo

Durante a comissão geral realizada nesta quarta-feira (31), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Eyder Brasil (PSL) cobrou mais planejamento e organização, por parte do Poder Executivo, na utilização de recursos para investir na área da saúde.

“É necessário um pouco mais de humildade por parte dos gestores do Executivo. Enquanto não aceitarem trabalhar em conjunto com o Legislativo, as bombas não irão parar de explodir na saúde pública. É a união dos poderes que gera solução”, disse o parlamentar.

A comissão, contou com a presença do diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO) coronel Neil Gonzaga e a diretora-geral adjunta, sargento Benedita Oliveira para prestarem esclarecimentos a respeito das taxas cobradas pelo departamento.

Eyder Brasil frisou que cabe à Assembleia Legislativa resolver questões que envolvem leis, como a aprovação dos remanejamentos que o Estado necessita, porém ressaltou a responsabilidade do Poder Executivo em aplicar esses recursos com mais eficiência.

"E o Detran, com R$ 100 milhões em caixa não pode ver o Governo padecer, alegar que não tem recurso e com isso, fazer com que nós, parlamentares, tenhamos que nos reunir em uma extraordinária em um domingo para criar fundos para que Poderes, órgãos de controle e a sociedade civil organizada possam colocar recursos para a compra de vacinas quando no próprio Estado tem esse recurso. Não podemos aceitar que o Hospital de Guajará-Mirim esteja com 15% das suas obras para conclusão e que o Governo venha dizer que não tem R$ 7 milhões para terminar a obra", enfatizou.

Texto: Assessoria

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO