Eyder Brasil repudia a falta de comprometimento do secretário de justiça com policiais penais e socioeducadores de Rondônia

por Ana Carolina Custódio publicado 07/07/2021 11h10, última modificação 07/07/2021 11h08
Parlamentar criticou a demora em enviar o projeto que regulamenta as atividades da categoria

Em sessão plenária desta terça-feira (06) foi discutido na Assembleia Legislativa a respeito da regulamentação salarial dos policiais penais e socioeducadores que há anos têm sofrido com a desvalorização.  

O Deputado Eyder Brasil (PSL), deixou claro seu apoio a categoria e frisou sobre a importância do reconhecimento dos servidores que desde 2013 não recebem reajuste ou sequer política de valorização.

O parlamentar relatou ainda, sobre a dificuldade de repasse de informações por parte da Secretaria de Justiça do Estado (SEJUS) para discussões sobre essa relevante pauta “No início deste ano, fizemos uma convocação ao secretário Marcus Rito e ele se comprometeu que em 30 dias enviaria a regulamentação dos nossos policiais penais e infelizmente isso não aconteceu. Grande Balela!”, criticou o deputado.

É certo que um passo importante para fazer justiça à segurança pública foi dado hoje, de acordo com Eyder Brasil, mas ainda está longe do que os servidores merecem. “Nossos policiais penais e socioeducadores não podem continuar assim, espero que o governo possa tomar uma atitude a frente dessa secretaria, não podemos mais admitir isso”. 

Texto: Assessoria

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO