Hermínio quer atendimento especial para parturientes de alto risco e neonatais

por Igor_Cruz — publicado 16/03/2017 11h44, última modificação 16/03/2017 11h44
Equipes prestarão atendimento mais personalizado para essa clientela pública...

 

Os hospitais públicos do Estado de Rondônia deverão manter leitos suficientes para tratamentos de parturientes com gravidez de alto risco e nascidos prematuros, nas mesmas condições de risco. A determinação está inserida no Projeto de Lei do deputado Hermínio Coelho (PDT), que frisou como altamente necessário, por se tratar de situações peculiares.

De acordo com o projeto, as grávidas de alto risco geralmente necessitam de mais consultas pré-natais para um acompanhamento mais apurado e identificação dos principais fatores de risco que possam causar a morte da mãe, do bebê ou mesmo de ambos.

Hermínio pediu bom senso ao governo para sancionar o projeto, já que esse atendimento não significa aumento de despesas, porque o serviço somente será aperfeiçoado, com as equipes de obstetrícia e pediatria neonatal estando mais direcionadas para os casos que estejam dentro dos parâmetros mencionados.


ALE/RO - DECOM - David Casseb
Foto: Ana Célia


registrado em: