Ismael Crispin aponta avanços realizados pela CPI da Energisa em prol dos consumidores

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 20/02/2020 10h17, última modificação 20/02/2020 10h17
Comissão foi instaurada para apurar possíveis irregularidades e práticas abusivas

 

Na tarde desta quarta-feira (19), durante a 1ª reunião na CPI da Energisa – instaurada para apurar possíveis irregularidades e práticas abusivas contra os consumidores de energia elétricas no Estado, após o recesso parlamentar realizada no Plenarinho 2 da Assembleia Legislativa de Rondônia, o vice-presidente da comissão, deputado Ismael Crispin (PSB) apontou alguns avanços conquistados pela atuação da comissão em prol dos consumidores de Rondônia. 

De acordo com o parlamentar, o intuito dos membros da CPI é concluir o trabalho com uma resposta efetiva. “Os rondonienses estão contando com o nosso trabalho para acabar com as possíveis irregularidades cometidas pela Energisa. A maioria espera que a comissão consiga uma redução nas taxas de energia elétrica, mesmo esse não sendo o foco do nosso trabalho”, disse Ismael. 

Segundo o deputado, alguns êxitos alcançados pelo trabalho da comissão precisam ser destacados, entres eles: o discurso do presidente Laerte Gomes (PSDB na reunião da Aneel em novembro em prol do estado de Rondônia que evitou que o aumento previsto para o mês seguinte fosse realizado, análise de reclamações e denúncias, emissão de Normas e ainda o esclarecimento de muitas dúvidas, entre elas referente a Lei n°1783, de 26 de setembro de 2007, que proíbe o corte residencial no fornecimento de energia elétrica pelas concessionárias por falta de pagamento de faturas dos consumidores, nos dias de sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e no último dia útil anterior ao feriado. 

“Precisamos agradecer a Deus pela saúde, coragem e determinação para encontrar solução para os problemas apresentados dos rondonienses. Acredito que esse enfrentamento precise de um pouco mais de ousadia, pois a defesa que estamos fazendo hoje não é de um mandato parlamentar e sim para uma população”, finalizou Ismael.

Texto: Laila Moraes-Decom-ALE/RO

Fotos: José Hilde-Decom-ALE/RO



Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.