Jair Montes diz que população continua sendo humilhada pela Energisa

por Amanda Laíza Tanaka publicado 09/03/2022 10h07, última modificação 09/03/2022 10h07
Parlamentar afirma que vai convocar comandante da Polícia Militar para explicar episódio

A Energisa voltou a ser criticada, na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (8). O deputado Jair Montes (Avante) frisou, ao discursar na sessão ordinária, que a empresa submete o consumidor à humilhação.

Ele narrou um episódio, ocorrido recentemente em Porto Velho, no qual o dono de um imóvel teria sido constrangido por policiais militares e por integrantes da Polícia Técnico-Científica , a chamada Politec.

Montes disse que as polícias, que deveriam, conforme observou, defender o cidadão, tomou o partido contrário e foi acionada pela própria Energisa para constranger o proprietário, que fazia uma reforma no prédio e foi acusado de furto de energia.

O parlamentar destacou que já existe lei que determina a notificação do cidadão com antecedência antes do corte de energia.

Jair Montes também estranhou que as polícias tenham recebido ordens da concessionária e prometeu averiguar o caso. Ele antecipou que vai convocar o comandante da Polícia Militar e o superintendente da Politec para prestarem esclarecimentos. Montes acrescentou ainda que não é apenas um caso isolado, pois vem recebendo outras denúncias.

 

Foto e Texto: Assessoria