Jean Oliveira destaca criação de escolas militares e critica prefeito de Porto Velho

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 18/02/2020 18h07, última modificação 18/02/2020 18h07
Parlamentar criticou prefeito da Capital por ingratidão com a Casa de Leis

 

O deputado estadual Jean Oliveira (MDB) fez uso da bancada da Assembléia Legislativa na tarde desta terça-feira (18) durante a primeira sessão do parlamento, em 2020. Ele agradeceu ao governador Marcos Rocha pelo apoio a implantação das escolas cívico militares em Rondônia. 

“Queria agradecê-lo por ter assinado o decreto que tornou a Escola Padre Ezequiel Ramim, de Alta Floresta, em militar. Foi uma escolha popular, com mais de seis mil assinaturas da população apoiando essa mudança”, afirmou. 

Ele lembrou também que em conversa com o secretário estadual de Educação, Suamy Vivecananda, sobre a mudança da tipologia das Coordenadorias de Educação do tipo 2 para 1. 

As de tipo 2, segundo ele, tem um aglomerado menor de escolas, porém, com mais dificuldades de ensino, devido às longas distâncias e educação indígena. 

“Pedi ao secretário para fazer uma isonomia entre o tipo 1 e o tipo 2. Tivemos um sinal verde para que a Seduc crie um projeto e encaminhe para essa casa para analisarmos”, informou. 

Ao final do discurso, Jean Oliveira criticou a postura do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, que teve o apoio da Assembléia Legislativa, em especial com os parlamentares da última legislatura, em relação a um projeto que estava parado no parlamento. 

“O prefeito levantou uma questão junto a Assembléia, sobre um projeto que tratava do aumento das cotas das unidades de conservação e das usinas, gerando mais royalties para Porto Velho e para o estado de Rondônia. Votei a favor desse projeto. Com a entrada da Assembléia nessa discussão, conseguimos arrecadar R$ 80 milhões em contrapartida, sendo R$ 50 milhões para o interior e R$ 30 milhões para Porto Velho. Na semana passada, o prefeito inaugurou diversas obras falando dessa verba e sequer mandou um convite para essa casa. Quero manifestar minha tristeza, isso foi uma ingratidão. Essas obras foram conquistadas com a articulação nossa”, finalizou.

Texto: Ivanilson Frazão-Decom-ALE/RO

Foto: José Hilde-Decom-ALE/RO

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.