Lazinho alerta para clima de instabilidade nas hidrelétricas

por Igor_Cruz — publicado 25/02/2015 15h26, última modificação 25/02/2015 15h26
Parlamentar afirma que empresas que constroem as usinas não estão cumprindo acordos trabalhistas...

 

O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), ao discursar durante sessão plenária da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (25.02), alertou para o clima de instabilidade reinante entre os trabalhadores das usinas do rio Madeira, em decorrência de que as atuais empresas que estão atuando se negam a cumprir acordos trabalhistas.

Explicou o deputado Lazinho da Fetegro que o problema vem sendo repassado sucessivamente pelas empresas que estão assumindo o término das obras das hidrelétricas do rio Madeira. “Em Rondônia, a empresa atual que realiza as obras tem prejudicado e muito os funcionários que lá trabalham. Esta falta de diálogo ou a radicalização poderá resultar em novo movimento grevista”, disse.

O deputado afirmou ser muito triste o que se constata em Rondônia, pois apesar de o Estado receber um investimento de grande porte o que está ficando são os problemas sociais, o abandono dos desabrigados, o comprometimento da produção das famílias que ficaram no entorno das usinas, além de afetar o atendimento na rede pública de saúde.

Ao destacar que recentemente esteve visitando famílias que continuam residindo nas áreas próximas às usinas, Lazinho da Fetagro declarou ser impossível conversar num terreiro ou ficar dentro de casa com a porta aberta, diante da infestação de insetos, principalmente mosquitos, e, além disso, grande parte destas propriedades ficaram improdutivas.

Ao concluir, o deputado petista disse ter sido informado pelo presidente da CUT, Itamar Ferreira, sobre o agravamento dos problemas envolvendo os trabalhadores das usinas. “A Assembleia Legislativa precisa se solidarizar com a situação desses trabalhadores”, observou.

O pronunciamento do deputado Lazinho da Fetagro teve dois apartes. O deputado Cleiton Roque (PSB) disse que o dinheiro das compensações foi mal aplicado. Já o deputado Ezequiel Junior (PSDC) manifestou sua preocupação em relação ao projeto de construção de uma usina no município de Machadinho do Oeste, visando uma compensação justa e desta forma evitar o caos social.

 

ALE/RO - DECOM - [ Paulo Ayres ]

Foto: ALE/RO - DECOM - [ José Hilde ]

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.