Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Prêmio Nelson Townes de Jornalismo proposto na ALE

Prêmio Nelson Townes de Jornalismo proposto na ALE

por Igor_Cruz — publicado 27/03/2015 19h06, última modificação 27/03/2015 19h06
A proposta é de que o prêmio seja concedido anualmente pela Assembleia Legislativa aos autores de matérias públicadas em órgãos de imprensa...

 

Projeto de resolução no qual institui o Prêmio Nelson Townes de Castro de Jornalismo Político, com o objetivo de incentivar a divulgação da atividade parlamentar, motivando profissionais da imprensa na sua missão de bem informar a população, foi apresentado na Assembleia Legislativa pela deputada Rosângela Donadon (PMDB).

Ela explicou que a homenagem ao jornalista Nelson Townes se justifica por sua notável atuação no jornalismo político rondoniense e por sua atuação na articulação das entidades representativas da categoria profissional dos jornalistas.

A proposta é de que o prêmio seja concedido anualmente pela Assembleia Legislativa aos autores de matérias públicadas em órgãos de imprensa com sede no Estado. A entrega da premiação, em pecúnia e diploma, acontecerá anualmente a partir de 2016, em sessão alusiva ao Dia do Repórter, comemorado em 7 de abril.

O regulamento de cada edição anual será dado a publicidade na sessão solene de entrega do ano anterior.  Serão premiados trabalhos jornalísticos veiculado entre 1º de janeiro e 31 de dezembro deste ano, nas seguintes categorias: jornalismo impresso, webjornalismo, jornalismo audiovisual, radiojornalismo e opinião (artigos). As inscrições serão abertas em 1º de março de 2016 e encerram dia 15 de março de 2016.

Também foi proposto que o prêmio em dinheiro será no valor de R$ 5 mil para os primeiros colocados em cada categoria.  A comissão julgadora será integrada por cinco cidadãos, sendo pelo menos dois com notório conhecimento da área do jornalismo e pelo menos um que tenha exercido o mandato de deputado estadual, designados pela presidência da mesa diretora.

O julgamento terá seis critérios: contribuição para a conscientização popular e tomada de atitude quanto à participação social no acompanhamento das atividades políticas; para a promoção do interesse dos servidores da área fim da ALE pelo aprimoramento de seu desempenho; para a socialização de experiências parlamentares e práticas de fazer leis que venham de encontro ao desenvolvimento econômico sustentável, a qualidade e transparência da gestão pública, a promoção da qualidade de vida e a elevação do índice de desenvolvimento humano; profundidade de argumentação e reflexão, para a categoria “Opinião”, ou o esforço de reportagem, para as demais categorias; qualidade do texto e observância da norma culta da língua portuguesa; e, ineditismo.

Para Rosângela Donadon, o objetivo é intensificar a divulgação da atividade parlamentar e incentivar os profissionais da imprensa na tarefa de bem informar a população. “Quanto mais a sociedade conhecer o que fazem seus representantes, mais vigoroso será o processo democrático”, destacou.

 

ALE/RO - DECOM - [Liliane Oliveira]

Foto: José Hilde

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.