Segurança para educadores é tema de debate na Comissão de Educação

por Igor_Cruz — publicado 13/09/2017 11h47, última modificação 13/09/2017 11h47
Segundo parlamentares, profissionais da educação não têm segurança para ministrar aulas no presídio de Ariquemes...

 

A questão da segurança no novo presídio de Ariquemes foi o tema do debate da reunião desta quarta-feira (13) na Comissão de Educação e Cultura (CEC), presidida pelo deputado Anderson do Singeperon (PV).

O deputado Adelino Follador (DEM) relatou que o presídio de Ariquemes não tem segurança para os professores darem aula aos detentos. Disse que já conversou com o secretário adjunto da Educação para solucionar a situação.

O parlamentar pediu para que a Comissão oficie a secretaria para solucionar o problema, pois a sala destinada para as aulas, o professor tem de entrar com os presos e ficar trancado com todos. “Dizem que é provisório, pois o presídio foi inaugurado sem a sala de aula estar pronta”.

O deputado Anderson salientou que agentes penitenciários estão indo para Ariquemes a fim de complementar o efetivo. “Ficam lá uma semana e trocam. A estrutura do presídio não é ruim, mas falta segurança e efetivo. Já ocorreram três fugas”.

Também será pedido no ofício para a Seduc, além da questão da segurança para os professores, as providências da Secretaria de Segurança para resolver as questões do aumento de efetivo, se será feita contratação emergencial e realização de concurso público.

Participaram da reunião os membros Ribamar Araújo (PR) e Rosângela Donadon (PMDB).

 

ALE/RO - DECOM – Geovani Berno
Foto: Lusângela França