Adelino Follador destaca audiência pública que debateu a regularização fundiária

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 17/09/2019 21h40, última modificação 17/09/2019 21h40
Deputado ainda manifestou sua indignação contra os abusos da empresa Energisa


O deputado Adelino Follador (DEM) usou a tribuna na sessão desta terça-feira (17), para destacar a realização de audiência pública, realizada na Assembleia Legislativa, na segunda-feira (16), por iniciativa do deputado federal Lúcio Mosquini (MDB), para debater a regularização fundiária, com a presença do secretário Especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia. 

"Os produtores presentes à audiência saíram confiantes na fala do Nabhan Garcia, pois ele falou com firmeza e deixou claro que quer desburocratizar e dar celeridade ao processo de documentação das terras", destacou Adelino. 

O parlamentar afirmou ainda que "registro ainda a iniciativa do presidente desta Casa, Laerte Gomes (PSDB), que garantiu apoiar com recursos o processo de regularização das cerca de 35 mil propriedades que estão aptas à documentação. Tem que se unir a Assembleia, os municípios, o Governo e todos os órgãos, para fazer esse trabalho com urgência". 

Segundo Follador, "sem o documento da terra, não se pode fazer nada. Precisa resolver essa situação, para garantir o nosso desenvolvimento, é necessário fazer a regularização fundiária. O Estado sempre chegou depois e quem está sem documento, espera uma ação governamental nesse sentido". 

 

Energisa 

Follador aproveitou para registrar que o senador Marcos Rogério (DEM), garantiu que as denúncias contra a empresa Energisa serão apuradas pelo Senado também. "Em todo canto do Estado, a reclamação é muito grande contra a empresa. É cobrança absurda, é corte de energia sem aviso, desrespeito aos consumidores. Chega de massacrar o nosso povo e a população pede socorro", finalizou.

Texto: Eranildo Costa Luna-Decom-ALE/RO

Foto: José Hilde-Decom-ALE/RO

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.