Valores exorbitantes de multas aplicadas pela Sedam e Idaron preocupam Ismael Crispin

por Ana Carolina Custódio publicado 22/09/2020 19h16, última modificação 22/09/2020 19h16
Parlamentar recebeu denúncias de que multas estariam sendo aplicadas de forma arbitrária

Na tarde desta terça-feira (22), o deputado Ismael Crispin (PSB) fez uso da tribuna na Assembleia Legislativa de Rondônia para ressaltar sua preocupação com os valores exorbitantes das multas aplicadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) aos pequenos produtores.

Segundo o parlamentar, no município de São Francisco do Guaporé um produtor recebeu em sua propriedade que vale uns R$30 mil, uma multa aplicada pela Sedam de R$35 mil, em outra propriedade que vale R$1 milhão a multa foi R$5 milhões. “É assustador a forma com que estamos vivendo, primeiro por causa do abuso dos órgãos e depois por termos que ficar preocupados se não existe uma vontade por parte do Governo de apenas arrecadar e não resolver os problemas, no entanto da forma que estão fazendo, será impossível, uma vez que essas multas são impagáveis”, pontuou o deputado Ismael.

Já no município de Cujubim um produtor foi multado em R$7.747,00 pela Idaron por estar transportando um suíno, do sexo feminino, reprodutora sem a Guia de Trânsito Animal (GTA). “Se esse produtor quiser vender o animal para pagar a multa, ele não consegue. Essas ações do Governo estão me preocupando, pois elas são infundadas e não terá qualquer resposta positiva, a não ser colocar o terror na vida desses produtores que tanto fazem pelo nosso município”, finalizou. 

Texto: Laila Moraes -ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-ALE/RO